segunda-feira , 22 maio 2017
Últimas Notícias

Oratório Ganhará ícone de Nossa Senhora dos Surdos, Mãe do Silêncio

O Oratório em Londrina irá receber em agosto o ícone de Nossa Senhora. Inspirado a partir da pintura do Guercino, conservado em Bolonha-Itália, o artista plástico Lucas Zofanetti desenvolveu a pedido dos padres gualandianos o ícone de Nossa Senhora.

Veja o seu significado:

11721961_10203716629110877_1371098744_n

O Ícone de Nossa Senhora dos Surdos  Mãe do Silencio, é  uma pintura sagrada, feita em madeira peroba antiga com seus veios de água formados pelo tempo. Segundo técnicas e tradições seculares, obedece normas bem precisas sob o ponto de vista artístico e teológico.

O ícone é uma espécie de sacramental, um sinal da graça, um auxílio para a vida espiritual dos cristãos. Assim como Jesus Cristo, aquele que assume a história humana e torna-se a revelação concreta da Palavra de Deus, é a imagem de Deus invisível (Cl 1, 15; Heb 1,3), o ícone é a imagem artística e religiosa do Transcendente e Invisível, levando à oração e à meditação aqueles que o contemplam.

Simbologia

Ao dar vida a um Ícone, o pintor acrescenta ao mesmo uma simbologia que fará deste não mais uma pintura, mas sim uma arte sagrada,  símbolos que levam  a uma contemplação silenciosa do Divino que se faz visível  diante de nossos olhos.

O Ícone de Nossa Senhora dos Surdos traz consigo também muitas simbologias, são letras , cores e traços que nos introduzem a uma meditação silenciosa, diante de tamanho amor.

Feito em madeira rústica, simboliza a simplicidade da Virgem de Nazaré, mulher pobre, pequena, mas também forte e capaz de suportar grandes sofrimentos. A pintura está sobre um fundo dourado, cor  que representa a luz de Deus,  luz que envolveu a Santa Virgem desde sua concepção, luz que à poupou de toda mancha de pecado.

A figura da Virgem dos Surdos traz em si uma beleza contemplativa, sua cabeça levemente inclinada e seu rosto envolto em oração, leva à aquele que a contempla viver um contato profundo com sua meiguice materna. Os olhos  e os lábios  cerrados,  mostram uma atitude silenciosa e servidora  de quem tudo guarda no coração, as mãos postas em sinal  de acolhimento  tem um grande destaque no Ícone, pois, são com elas que os surdos comunicam suas palavras.

“Ao Divino Amor agradou a tua humildade ó Maria!

Te chamam Bem Aventurada, todos os devotos !

Também o surdo que nada sabia de tí, ó Mãe, te conhece e te bendiz!”( Pe. José Gualandi)

A Virgem veste uma túnica vermelha, cor da realeza, mas também dos mártires, cor que lembra a humanidade e a plenitude terrena da Senhora dos Surdos, aos pés da Cruz  a Mãe de Deus  sofre seu martírio, seu coração é pregado no madeiro junto a seu Divino Filho.

De seus ombros pende um manto, sinal este da sua  maternidade, sua cor verde lembra o surgimento de uma nova vida, a renovação espiritual. Maria não seria mais a mesma depois do nascimento de seu Filho.

Coberta com um véu branco quase transparente, a Mãe de Deus está envolta no mistério sagrado de seu Filho, a cor branca representa à pureza e também a nova vida, ao cobrir-se ela  mostra-se  totalmente separada e ao mesmo tempo submissa a Deus.

“Teu silêncio Mãe querida, revela a obediência humilde de tua alma. Tua paz nos conduz ao coração do teu Filho Jesus.

 Ele é a razão da nossa alegria.” ( Cons. a Virgem do Silêncio) 

Os quatro quantos do Ícone estão tomados por símbolos, na parte superior esquerda vemos a abreviação das letras gregas de: “A Mãe dos Surdos” (Η μητέρα των κωφών) com a Cruz símbolo da bandeira de Bolonha-Itália onde a devoção teve início. Abaixo, ainda do lado esquerdo, temos a  Cruz, a Esponja e  a Lança (com duas gotas: do Batismo (água) e da Eucaristia (sangue)  elementos ligados ao sofrimento de Cristo), sofrimento  vivido intimamente pelo coração da Santa Virgem. Do lado direito superior vemos as inicias gregas de “Ave Maria, Mãe do Silêncio” (Χαίρε, Μαρία, μητέρα της σιωπής) com a  Cruz do Oratório saindo da letra M de Maria. Em baixo temos outros símbolos da Paixão: os pregos e a coroa de espinhos.

Como podemos notar pela simbologia descrita à cima , este santo ícone não é apenas uma imagem, mas sim um objeto litúrgico, o seu significado ultrapassa tudo aquilo que  nossa imaginação pode conceber,  contudo é através do olhar  que somos mergulhados na maior experiência de oração, nossa alma encontra Deus no silêncio de um contemplar.

 

Deixe uma resposta

Scroll To Top